Strawberries & Cream em Wimbledon

Chuva, sol, arco-íris, cobre a quadra, descobre a quadra, fecha o teto da quadra central e assim vai o dia em Wimbledon.

Mas, o sol quando saiu hoje finalmente veio com força e pela primeira vez deu para tirar o casaco.


Depois de assistir o fim do jogo do Mello contra o Llodra, em que o francês acabou vencendo o jogo por 6/2 4/6 6/2 6/3 e ver o último set da partida em que Soderling virou sobr Hewitt por 6/7(5) 3/6 7/5 6/4 6/4, com o sol forte, mesmo com nuvens negras se aproximando e fiquei com vontade de comer morangos com creme.  Dei uma passada na sala dos jogadores para entregar uma Tennis View para o fisioterapeuta da Sharapova, Juan Reque e dei de cara com ela jogando xadrez com o noivo Sasha Vujacic e com Federer jogando cartas com os amigos, enquanto não chega a hora deles entrarem em quadra. De lá fui para uma barraquinha perto da quadra 1 comprar os morangos.

Morango não é a minha fruta favorita, mas é quase impossível não querer comer um “bowl” por aqui. Eles estão em todos os lugares.

Paguei 2.50 libras (aproximadante R$ 6,00) por uma tigela com 8 morangos grandes e creme e fiquei sentada um pouco na Murray Mountain, no meio do público e comecei a pensar da onde tinha vindo a tradição de se comer morango com creme aqui em Wimbledon e fui pesquisar.

Descobri!

Desde os primórdios do campeonato a ideia é que a atmosfera em Wimbledon seja festiva. “O que é melhor do que sentar, depois de assistir os melhores jogadores do mundo, para tomar um chá e comer morangos com cremes com os amigos, no jardim,” me explicou uma senhora.

Há mais de 80 anos, quando o campeonato se instalou onde está hoje – na Church Road – Wimbledon tem empresas que cuidam do “catering – alimentação,” e a primeira delas, Messrs Ring and Brymer, serviam morangos também. Até hoje, com a empresa Facilities Managemente Catering, os morangos são dos produtos mais consumidos por aqui.

Nesta pequena pesquisa sobre os morangos no All England Lawn Tennis Club descobri que Wimbledon é o evento esportivo que tem a maior operação de catering da Europa, com um staff de 1500 pessoas dedicados à almentação dos jogadores, imprensa, público, os membros do Clube, restaurantes, salas VIP, entre outros.


Os morangos estavam sim deliciosos com o crème, mas muito mais do que o sabor é o que você aprecia quando está degustando a fruta, sentada na grama do mais tradicional evento de tênis da história, numa agradável tarde do verão londrino.

 

 

Enhanced by Zemanta

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *