Bruno disputa 21a. final da carreira e a 1a. com novo parceiro, em Sydney

O tenista Bruno Soares disputa neste sábado em Sydney, na Austrália a sua primeira final da temporada 2016 e a primeira ao lado do novo parceiro, o britânico Jamie Murray. Eles enfrentam na decisão o indiano Rohan Bopanna e o romeno Florian Mergea. O brasileiro joga pelo 21o. título da carreira.

Soares joga primeira final com Murray

Para chegar à decisão, Soares e Murray tiveram que vencer dois jogos nesta sexta-feira, devido a chuva que caiu em Sydney durante a semana. Começaram vencendo os australianos Matt Reid e Jordan Thompson, por duplo 6/4 e depois ganharam dos poloneses Lukasz Kubot e Marcin Matkowski por 7/5 2/6 10-3.

” Foi uma semana complicada aqui, pelo fator climático. Muita diferença de temperatura e clima no mesmo dia mesmo. Chuva, vento, calor e temos que nos adaptar. Mas vem sendo uma grande semana pra gente. Independente do resultado da final foram dois bons torneios preparatórios para o Australian Open. A gente vem jogando melhor a cada dia como dupla,” disse Bruno. “É isso que importa antes de um Grand Slam.”

Para a final, Bruno espera jogo duro contra Bopanna e Mergea. “O jogo é duríssimo. Eles são umas das duplas sensação do ano passado e já estão fazendo mais uma final nesta temporada. O importante é focar no que a gente tem que fazer no nosso jogo e em executar bem as nossas jogadas. Vamos tentar aproveitar as chances que vão aparecer, tentar fazer um grande jogo e pegar esse primeiro título para a nossa dupla, que aumenta ainda mais a confiança para Melbourne.”

De olho no 21o. título de duplas – o último foi conquistado em outubro, no ATP 500 de Basel – Bruno está disputando a 41a. final da carreira e pode vencer o trofeu com o sexto parceiro diferente. Os outros foram vencidos com Alexander Peya, Marcelo Melo, Eric Butorac, Colin Fleming e Kevin Ulllyett.

SOBRE BRUNO SOARES – Mineiro nascido em 27/02/1982, Bruno Soares é um dos principais nomes da história do Brasil. Ao ganhar o US Open nas duplas mistas, em 2012, se juntou ao seleto grupo de campeões de Grand Slam brasileiros, que inclui apenas Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten, Thomaz Koch e Marcelo Melo. No ano passado repetiu a façanha conquistando o segundo título em Nova York.
Além dos trofeus no US Open, Bruno tem 20 títulos de duplas no circuito e 20 vice-campeonatos e chegou ao 3o. posto no ranking mundial de duplas em 2013 (é o 22o. atualmente).
O tenista que  tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres, conta atualmente com os patrocínios da Asics, Correios, MRV Engenharia, Banco BMG, Land Rover, Estácio,Wilson e Optimum Nutrition.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *