Tag Archives: arthur ashe kid’s day

US Open: Acabou a brincadeira. Agora é pra valer.

Domingo pré-US Open em Nova York é a perfeita definição da calma antes da tempestade. Depois de uma semana de muita agitação que terminou com o Arthur Ashe Kid’s Day, Flushing Meadows fica vazio, só tem os tenistas treinando e esperando o último Grand Slam do ano começar na segunda-feira.

Roger Federer US Open

Até mesmo o caminho de Manhattan para Flushing Meadows é tranquilo. Domingo não tem trânsito, não tem aquela correria nas ruas da Big Apple e poucos fãs se aventuram para ver o que eles chamam de “open practice – treino aberto.”

É mais um bate-bola para dar aquela última ajustada. Tudo o que tinque ser feito foi realizado nos dias, ou melhor, nas semanas anteriores.

Nos últimos dias, em Nova York, os tenistas fizeram tudo o que não tem tempo durante o Grand Slam.

Serena Williams taste of tennis

Serena Williams e Novak Djokovic foram ao show do David Letterman; os Bryan Brothers e Victoria Azarenka participaram de ação promocional da Esurance, na Times Square; Gael Monfils assinou autógrafos na loja da Asics, downtown; Sloane Stephens também fez sessão de autógrafos em vários Walgreens da cidade; Grigor Dimitrov marcou presença na Niketown; Diversos tenistas participaram do Taste of Tennis, inclusive as irmãs Williams; Djokovic jogou partida exibição na academia de John McEnroe, com o próprio, em Randall Island; Jankovic autografou raquetes no stand da Prince; Sharapova lançou sua pop up store de Sugarpova, na 5ª Avenida; Andy Murray foi se encontrar com Rory MclRoy; Roger Federer e outros aceitaram o Ice Bucket Challenge e muitos, muitos jogadores divertiram a criançada no Kid’s Day.

Djokovic Letterman

O Arthur Ashe Kid’s Day faz o Billie Jean King National Tennis Center virar um parque de diversões para a garotada. Shows de bandas teens lotam a programação na quadra central, com a aparição das maiores estrelas do esporte. Nas outras quadras, mais tenistas conduzem clínicas, brincam com a garotada que tem uma série de opções de diversão. Difícil não sair dali querendo jogar tênis.

Mas, a partir deste domingo tudo muda. Os principais tenistas já deram suas entrevistas coletivas neste sábado, já na sala de entrevistas do torneio e pouquíssimos farão atividades extra-quadra. A programação de segunda já foi definida – veja neste link – e acabou a brincadeira. Agora está valendo e muito.

 

 

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

E o US Open nem começou. Série de eventos movimenta NY durante a semana.

O US Open nem começou, eu ainda nem cheguei em NY e já estou enlouquecida tentando acompanhar todos os eventos pré-torneio na Big Apple. Ninguém sabe aproveitar como eles a semana que antecede o Grand Slam para intensificar a relação das marcas com o evento, com os tenistas e os consumidores. Sharapova deu o saque inicial lançando o Sugarpova na segunda e o auge da promoção do US Open acontece no sábado, com o Arthur Ashe Kid’s Day, em que Flushing Meadows vira uma Disney para as crianças.

Todo ano prometo que vou arranjar uma maneira de não me sentir “engulida” por Nova York, em meio a tantos eventos, reuniões, jogos que entram madrugada adentro, mas desta vez, já de longe estou sentindo essa pulsação a mil.

Até o sorteio da chave –nesta quinta – é um mega evento no US Open. Não que não seja nos outros Grand Slams, mas eles trazem comentaristas ao vivo, para o mesmo local onde a chave está sendo sorteada, tem muita mídia e o buzz é bem maior. Antigamente era em Manhattan, hoje em dia é no Arthur Ashe Stadium mesmo.

Só ontem, quarta-feira, teve o Djokovic dando autógrafos na loja da Uniqlo, da 5ª avenida, a Victoria Azarenka substituindo Rafael Nadal no evento da Bacardi, Champions Drink Responsibly e fazendo o drink “Mix With Victoria,” no Lower East Side,   inauguração de quadras públicas sendo reformadas perto do US Open, em uma parceria com o American Express e um bate papo no Facebook, entre Sharapova e fãs, via Evian.

Hoje, quinta, além do sorteio da chave, tem o BNP Paribas Taste of Tennis, para mim, o melhor de todos esses eventos.

Participei da primeira edição, em 1999, quando a reunião de chefs estrelados e tenistas tops ainda estava começando. O espaço no Hotel W, um dos oficiais do US Open, era pequeno e nem os tenistas sabiam muito bem o que esperar de uma ação de mídia, envolvendo chefs e esportistas. Mas o evento pegou e chegaram até a fazer uma edição em Melbourne.

Quem quiser participar compra um ingresso pelo valor de U$ 275 e pode experimentar comidas e drinks de alguns dos melhores chefs dos EUA, trombar com tenistas como Andy Roddick, Richard Gasquet, Victoria Azarenka, James Blake, Andre Agassi, Petra Kvitova, entre outros, em um ambiente agradável, sem a pressão de ser um evento apenas de aparição, em que os jogadores chegam, tiram fotos, dão autógrafos e vão embora.

E ainda o valor arrecadado com a venda dos ingressos é doado para a New York Junior Tennis League.

Além dos eventos, não paro de receber uma quantidade enorme de press releases sobre os parceiros do US Open, as novidades no torneio e eles continuam.

O Arthur Ashe Kid’s Day é o último grande evento e claro, o maior deles, que acontece antes do US Open começar e os ingressos já estão esgotados.

Cantores teens que estão entre os favoritos dos EUA tomam conta da quadra central, cantam e interagem com os tenistas. The Wanted; Rachel Crow; Jordin Spark; Mindless Behaviour; Carly Rae Jepsen, todos nomes desconhecidos para mim, mas ídolos dos teens americanos estarão no Arthur Ashe Stadium, no sábado, cantando ao lado de Federer,  Serena Wiliams, Novak Djokovic, entre outros tenistas.

Enquanto isso, do lado de fora do estádio, as quadras viram um playground de tênis para as crianças.

Algo inimiginável na sagrada grama de Wimbledon, ou no elegante Stade Roland Garros.

Pronto para o US Open? Mas ainda não acabou, no domingo, na véspera do Grand Slam, a ITWA (International Tennis Writers Association), convida para um coquetel no Yale Club of New York.

E O US Open nem começou…

 

Leave a Comment

Filed under Uncategorized