Tag Archives: esporte leva corpo ao limite

Guardadas as proporções, despedida de Ronaldo lembra a de Guga

Já ouvimos esta frase antes: “Perdi para o meu corpo.”

Quem se lembra há exatos três anos do Guga fazendo a primeira de suas aparições na sua turnê de despedida e emocionando o Brasil com o seu choro sincero na quadra central da Costa do Sauípe, no Brasil Open e dizendo “Eu peço desculpas, mas eu não consigo mais.”

Guga não conseguia devido às dores no quadril que o levaram a fazer cirurgias, das quais nunca se recuperou 100%. Por anos ele tentou voltar ao auge, mas foi vencido pelo corpo.

Ronaldo, o fenômeno, que hoje anunciou oficialmente a sua retirada dos campos de futebol, afirmou que “perdeu para o corpo e que sente dor ao subir uma escada.”

Há três anos, quando Guga emocionou o País, Ronaldo foi um dos primeiros a manifestar sua admiração pelo catarinense e ele enfrentava um novo desafio na carreira que era o de se recuperar de uma lesão no joelho esquerdo. “Torço muito pelo Ronaldo, ele já se superou muitas vezes e como fã peço que ele continue a lutar.”

O Fenômeno lutou, continuou, deu alegria aos corintianos e aos brasileiros que puderam vê-lo em ação nestas últimas temporadas no Brasil, mas o corpo do astro, assim como o de Guga, chegou ao limite.

Guardadas as proporções, a coletiva do Ronaldo de hoje me lembrou o anúncio da despedida de Guga. Dois atletas do mais alto nível – com datas de nascimento bem próximas, Guga nasceu no dia 10 de setembro de 1976 e Ronaldo, no dia 22 de setembro do mesmo ano – que tiveram que parar de atuar não por falta de motivação, pela idade, ou por qualquer outro motivo, mas pelo fato de o corpo ter chegado ao limite.

Enhanced by Zemanta

Leave a Comment

Filed under Uncategorized