Tag Archives: federer atp finals

Federer arrasador e Nishikori avançam à semi no ATP Finals

A Arena 02 assistiu hoje, em Londres, o primeiro jogo de 3 sets do ATP Finals e viu Roger Federer e Kei Nishikori avançarem à semi do Grupo A. Nishikori ATP Finals

O jogo de 3 sets foi a vitória de Kei Nishikori diante de David Ferrer por 4/6 6/4 6/1. Sim, David Ferrer. Ele substituiu Milos Raonic, com uma lesão na coxa que abandonou a competição.

Andy Murray precisava então vencer Roger Federer em 2 sets para chegar à semi, já que havia perdido o primeiro jogo para Nishikori e vencido Raonic no segundo. Mas, em apenas 56 minutos, o suíço acabou com o sonho do britânico. Venceu por arrasadores 6/0 6/1, ficando em primeiro no Grupo B.

Agora, Federer e o japonês esperam os resultados desta sexta, dos jogos entre Novak Djokovic e Tomas Berdych e Stan Wawrinka e Marin CIlic para saber quem serão os adversários na semi do último torneio ATP da temporada. Federer enfrentará o 2o. colocado do Grupo A e Nishikori, o 1o.

 

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Impressionante. Federer jogou a 1ª final de Masters há nove anos. Que longevidade!

É quase inacreditável. Mas Roger Federer disputará nesta 2ª feira, contra o sérvio Novak Djokovic, a sua 8ª final de ATP Finals, buscando o sétimo título. Há 9 anos ele ganhava o seu primeiro trofeu do Masters, em Houston, derrotando Andre Agassi na final.

Todos queriam assistir a decisão entre Djokovic (d. Del Potro 4/6 6/3 6/2)  e Andy Murray, derrotado por Federer, o duelo que vem sendo chamado de o novo “Federer x Nadal,” do tênis, mas o Maestro Federer, depois de vencer o primeiro set contra Murray por 7/6, não deu chances ao britânico no segundo e fechou o jogo 6/2.

 

Desde que disputou o seu primeiro ATP Finals, em Xangai, há exatamente 10 anos, Federer viu diversos de seus companheiros de melhores da temporada se aposentarem. Da turma de 2002, com Safin, Ferrero, Agassi, Moya, Costa, Novak e Hewitt, só o australiano continua jogando. Foi justamente Hewitt que eliminou Federer na semifinal.

 

Em 2003, quando ganhou de Agassi na sua primeira decisão, em Houston, com Roddick, Coria, Moya, Agassi, Ferrero, Schuettler e Nalbandian, só o argentino segue competindo, mas longe dos holofotes.

 

Da turma de 2004, ano em que foi campeão novamente no Texas, derrotando Hewitt, só sobrou o australiano também, do grupo que teve Coria, Safin, Roddick, Henman, Gaudio e Moya.

 

Em 2005, Federer foi surpreendido na final por Nalbandian, em Xangai e com exceção do argentino e de outro jogador que também sumiu dos pódios, o russo Nikolay Davydenko, o resto já parou de jogar. Ljubicic, Puerta, Gaudio, Coria e Agassi completavam os top 8 daquele ano.

 

Campeão em 2006, na mesma Xangai, ganhando de James Blake na final, Federer dividiu a arena com Ljubicic, Roddick, Nalbandian, Davydenko, Robredo, Blake e Rafael Nadal, aparecendo pela primeira vez no Masters. Metade desta turma ainda joga, mas a exemplo dos anteriores, também sem se destacar entre os tops.

 

Em 2007, Federer repetiu o título em Xangai, ganhando de David Ferrer na final. Cinco anos atrás, os top 8 já se assemelham um pouco mais com os de hoje, mas ainda assim teve dois tenistas que hoje já não jogam mais: Roddick e Gonzalez. Gasquet, Davydenko, Nadal e Djokovic completaram a lista.

 

O ano de 2008 foi de Novak Djokovic. Em Xangai, Federer perdeu para Simon e Murray no Round Robin, ganhando apenas de Stepanek, que substituiu Roddick. Tsonga, Del Potro e Davydenko fecharam a lista dos top 8.

 

Federer também não teve sucesso imediato quando o ATP Finals mudou da China para a Inglaterra e Nikolay Davydenko foi o campeão em 2009, ganhando de Federer na semifinal, no ano em que Verdasco, Nadal, Djokovic, Soderling, Del Potro e Murray jogaram o Masters.

 

Em 2010, Federer foi campeão invicto, ganhando de Nadal na final. O grupo também foi composto por Berdych, Soderling, Ferrer, Murray, Roddick e Djokovic.

 

Há um ano o suíço também ganhava o ATP Finals sem perder um jogo, derrotando Tsonga na decisão, em um grupo muito parecido com o de 2012. Djokovic, Murray, Tipsarevic, Nadal, Ferrer e Fish jogaram pelo troféu de melhor da temporada.

 

Com essa rápida passada por todos os anos que Federer jogou o ATP Finals dá para ter uma boa ideia da longevidade dele no circuito. Diversos tenistas tiveram a honra de jogar o Masters, alguns nomes que hoje olhamos e nem nos lembramos que estiveram entre os oito melhores do ano. Mas, nenhum deles está há 10 anos nesta posição.

 

Foto de Cynthia Lum

Leave a Comment

Filed under Uncategorized