Tag Archives: Petra Kvitová

Roland Garros: Com drama, Bartoli vence na estreia. Azarenka e Serena jogam na quarta

Com o atraso na programação causado pela chuva, a estreia da bielorrussa Victoria Azarenka, nº 3 do mundo, que seria o grande destaque da programação feminina desta terça em Roland Garros, acabou passando para quarta.

Dessa forma, a emoção no jogo da francesa Marion Bartoli ganhou destaque e ela contou com o apoio da torcida para salvar match-point e depois conseguir a virada no fim do terceiro set, fechando a partida com parciais de 7/6(10) 4/6 e 7/5.

Bartoli peq

A sérvio Jelena Jankovic também fez sua estreia e venceu a eslovaca Daniela Hantuchova com parciais de 6/4 7/6(7).

A australiana Samantha Stosur, nona favorita da chave, venceu a japonesa Kimiko Date-Krumm por 6/0 e 6/2, enquanto a francesa Alize Cornet, cabeça 31, passou pela portuguesa Maria João Koehler por 7/5 6/2.

Azarenka, Serena e Ivanovic jogam na quarta

Além estreia de Victoria Azarenka, que enfrenta a russa Elena Vesnina, quem também joga a primeira rodada na quarta será a tcheca Petra Kvitova, cabeça 7, que enfrenta a local Aravane Rezai.

O dia também marcado pela realização de vários jogos da segunda rodada.

A norte-americana Serena Williams, nº 1 do mundo, enfrenta a francesa Caroline Garcia, enquanto a sérvia Ana Ivanovic, busca uma vaga na terceira rodada contra Matilde Johansson, também da França.

Destaque também para a partida da polonesa Agnieszka Radwanska, quarta favorita da chave, contra a norte-americana Mallory Burdette.

Para conferir todos os resultados desta terça-feira, clique aqui.

Para conferir a programação de quarta, clique aqui.

Filipe Alves, da Revista Tennis View.

Foto: FFT

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Azarenka, a bielorussa campeã do Australian Open e nova nº 1 do mundo

Há um ano, Victoria Azarenka era uma top 10 consistente. Uma tenista que jogava bem e estava sempre lá entre as 10 melhores do mundo, beliscando um torneio menor e chegando até as quartas ou semifinais de um maior.  Mas, daí para se tornar número um do mundo, alguma coisa mudou.

A bielorussa de 22 anos entendeu que para chegar além precisaria trabalhar mais, melhorar o físico, ser mais consistente em alguns golpes e também evoluir mentalmente.

E foi o que ela fez. Os meses de 2011 foram passando e a campeã do Australian Open, que derrotou Maria Sharapova por 6/3 6/0 na final, foi crescendo e encostando na amiga  Caroline Wozniacki. Tanto encostou, que tirou o trono da dinamarquesa.

Desde 2009 ao lado do francês Sam Sumyk, Azarenka, a primeira bielorussa a conquistar um Grand Slam, quer mais.

Ela é a 21ª tenista a alcançar o posto mais alto do ranking mundial. Feito para poucas, mas num circuito que perdeu um pouco das grande estrelas, foi a quinta tenista diferente na sequência a vencer um Grand Slam. No ano passado, Clijsters, Li Na, Kvitova e Stosur conquistaram os maiores títulos do calendário mundial do tênis.

Apesar de pouco conhecida mundialmente, o esporte espera que ela consiga manter a consistência, especialmente agora em que a WTA deixará de ser criticada por ter uma número um sem um título de Grand Slam, como era o caso de Wozniacki, líder por 67 semanas.

Nascida em Minsk, Azarenka começou a se projetar no tênis ainda criança e no início da adolescência foi treinar na Espanha. Não gostou da experiência e teve uma segunda oportunidade de ir para o exterior, na sequência. Foi para os Estados Unidos e lá se encontrou. Teve o português Antonio Van Grichen como um de seus primeiros grandes mentores, ganhou o Australian Open juvenil em 2005 e sete anos depois levantou a taça de campeã, a Daphne Cup, derrotando as melhores do mundo e também campeãs em Melbourne, CLijsters e Sharapova, na sequência.

Enhanced by Zemanta

1 Comment

Filed under Uncategorized