Tag Archives: sampras hall of fame

Por dentro do Hall of Fame, antes do Guga chegar

Guga desembarca em Newport, no Estado de Rhode Island, nesta quinta-feira, para ser condecorado com a entrada no Hall da Fama do tênis. Antes dele chegar fiz uma grande pesquisa e uma matéria publicada na edição 119 da Tennis View em que relato a história do Hall da Fama, como é o dia-a-dia do antigo Cassino de Newport e o que mais tem para fazer por lá. Para quem estiver pela região, dá para alugar uma quadra de grama para bater uma bola, visitar o histórico museu e até alugar o espaço para fazer festa de casamento.

 

São mais de 300 mil fotos, 5 mil títulos de livros, 4 mil ítens de material áudio visual, mais de 16.000 objetos, incluindo roupas que datam do século 19, 13 quadras de grama, em uma localização histórica em Newport (Rhode Island/EUA), que data de 1880. Este é o International Tennis Hall of Fame.

Com a nomeação oficial de Gustavo Kuerten para entrar no Hall da Fama no dia 14 de julho deste ano, ao lado de nomes como o de Andre Agassi, Pete Sampras, Bjorn Borg, Yannick Noah, Jim Courier, Stefan Edberg, John McEnroe, Mats Wilander, Ivan Lendl, entre muitos outros, Tennis View fez uma imersão sobre o Hall da Fama. Juntamos fotos de uma visita feita ao Newport Casino, há dois anos com informações adquiridas diretamente de lá, para mostrar como é o lugar que eternizará o nome de Gustavo Kuerten na história do esporte.

 

HISTÓRIA

Fundado em 1880, o Newport Casino, construído para ser um clube familiar e não de jogatina, sediou já no ano seguinte, em 1881, o primeiro campeonato nacional dos Estados Unidos de tênis na grama, hoje o US Open. De um clube, o local se tornou o Tennis Hall of Fame em 1954 e em 1986 foi reconhecido pela ITF, passando a ser o “International Tennis Hall of Fame.”

O prédio original, construído há 122 anos e transformado em patrimônio nacional em 1987, está preservado e é dentro dele que se encontram as relíquias do esporte e um centro de pesquisas.

A entrada é claro, uma quadra de tênis de grama. 

 

MUSEU

O museu do Hall of Fame é dividido em diferentes áreas, com memorabilia, objetos relacionados a tênis em geral, roupas dos tenistas, algumas delas autografadas, raquetes das mais antigas já encontradas, inclusive com a caixa estilo-baú em que eram armazenadas, pôsters e fotos, muitas fotos.

Há as sessões dos campeões do mundo da ITF, de cada Grand Slam, com frases do tipo “Dominant Down Under, em referência ao Australian Open e “Suprême a Paris,” em alusão a Roland Garros.

Sobre cada grande torneio há objetos especiais que caracterizam a competição, como o chapeuzinho verde da Perrier distribuído todos os anos em Roland Garros e os cartazes da competição

Dentro destas partes do museu, Gustavo Kuerten já está presente. Mas, algumas semanas antes da entrada oficial no Hall da Fama terá uma exposição especial só sua, como Andre Agassi teve no ano passado.

Além de todos estes artigos, fotos, vídeos, pôsters, e tudo o mais que você possa imaginar relacionado a tênis, sendo um paraíso para qualquer apaixonado pelo esporte e por história, o Hall da Fama também tem um centro de pesquisa.

 

CENTRO DE PESQUISA

Profissionais especializados em museologia, pesquisam, restauram, conservam e armanezam, documentos, publicações, fotos, vídeos e materiais relacionados à história do tênis e a personalidades que fazem parte do esporte. São informações de mais de 150 anos, com publicações que datam de 1847 e imagens em vídeo desde 1920. Toda essa estrutura, inaugurada no ano 2000, fica no terceiro andar do edifício.

O mais interessante é que todo este material pode ser pesquisado e caso você queira adquirir uma fotografia específica, pode solicitar a reprodução por US$ 75 (aproximadamente R$ 130).

Pesquisadores e produtores de televisão e rádio também podem solicitar o serviço do Information Research Center para procurar imagens raras, com um custo de hora profissional de uma pessoa do staff.

Este mesmo serviço de pesquisa pode ser contratado à distância para qualquer tipo de assunto ligado a tênis.

 

JOGAR NA GRAMA

Mas, não é só uma visita ao museu ou ao centro de pesquisas que uma ida ao ITHF proporciona.

Entre os meses de maio e outubro é possível jogar nas quadras de grama históricas do Newport Casino. E você nem precisa levar a raquete. Pode alugar uma por US$ 10 (aproximadamente R$ 17,50), lá mesmo. A única exigência é pelo uso de roupas brancas.

O aluguel de uma hora de quadra de grama custa U$ 100 (R$ 175,00) – a de saibro sai por R$ 60 e a rápida, por R$ 52 – e  a hora de um professor, U$ 90 (R$ 160,00).

Há pacotes especiais para grupos ou para aluguel de mais horas de quadra.

Você ainda pode alugar uma daquelas “ball machines,” que raramente encontramos no Brasil. Mas, só para jogar nas quadras rápidas ou de saibro, para não deteriorar a grama.

 

ATÉ CASAMENTO

Durante o ano todo há diferentes eventos sendo realizados no International Tennis Hall of Fame, de tênis ou não. O Campbell’s Hall of Fame Tennis Championships é o ATP 250 que acontece durante a semana da cerimônia oficial de entrada do Hall da Fama. É o único ATP disputado na grama, nos Estados Unidos.

Além disso há torneios juvenis, de veteranos, cadeirantes, festivais de Jazz, congressos de arquitetura, festivais de cinema e até eventos privados, incluindo cerimônias de casamento, afinal o “love,” faz parte do jogo.

 Álbum de fotos completo aqui

Leave a Comment

Filed under Uncategorized