Tag Archives: sharapova ny

E o US Open nem começou. Série de eventos movimenta NY durante a semana.

O US Open nem começou, eu ainda nem cheguei em NY e já estou enlouquecida tentando acompanhar todos os eventos pré-torneio na Big Apple. Ninguém sabe aproveitar como eles a semana que antecede o Grand Slam para intensificar a relação das marcas com o evento, com os tenistas e os consumidores. Sharapova deu o saque inicial lançando o Sugarpova na segunda e o auge da promoção do US Open acontece no sábado, com o Arthur Ashe Kid’s Day, em que Flushing Meadows vira uma Disney para as crianças.

Todo ano prometo que vou arranjar uma maneira de não me sentir “engulida” por Nova York, em meio a tantos eventos, reuniões, jogos que entram madrugada adentro, mas desta vez, já de longe estou sentindo essa pulsação a mil.

Até o sorteio da chave –nesta quinta – é um mega evento no US Open. Não que não seja nos outros Grand Slams, mas eles trazem comentaristas ao vivo, para o mesmo local onde a chave está sendo sorteada, tem muita mídia e o buzz é bem maior. Antigamente era em Manhattan, hoje em dia é no Arthur Ashe Stadium mesmo.

Só ontem, quarta-feira, teve o Djokovic dando autógrafos na loja da Uniqlo, da 5ª avenida, a Victoria Azarenka substituindo Rafael Nadal no evento da Bacardi, Champions Drink Responsibly e fazendo o drink “Mix With Victoria,” no Lower East Side,   inauguração de quadras públicas sendo reformadas perto do US Open, em uma parceria com o American Express e um bate papo no Facebook, entre Sharapova e fãs, via Evian.

Hoje, quinta, além do sorteio da chave, tem o BNP Paribas Taste of Tennis, para mim, o melhor de todos esses eventos.

Participei da primeira edição, em 1999, quando a reunião de chefs estrelados e tenistas tops ainda estava começando. O espaço no Hotel W, um dos oficiais do US Open, era pequeno e nem os tenistas sabiam muito bem o que esperar de uma ação de mídia, envolvendo chefs e esportistas. Mas o evento pegou e chegaram até a fazer uma edição em Melbourne.

Quem quiser participar compra um ingresso pelo valor de U$ 275 e pode experimentar comidas e drinks de alguns dos melhores chefs dos EUA, trombar com tenistas como Andy Roddick, Richard Gasquet, Victoria Azarenka, James Blake, Andre Agassi, Petra Kvitova, entre outros, em um ambiente agradável, sem a pressão de ser um evento apenas de aparição, em que os jogadores chegam, tiram fotos, dão autógrafos e vão embora.

E ainda o valor arrecadado com a venda dos ingressos é doado para a New York Junior Tennis League.

Além dos eventos, não paro de receber uma quantidade enorme de press releases sobre os parceiros do US Open, as novidades no torneio e eles continuam.

O Arthur Ashe Kid’s Day é o último grande evento e claro, o maior deles, que acontece antes do US Open começar e os ingressos já estão esgotados.

Cantores teens que estão entre os favoritos dos EUA tomam conta da quadra central, cantam e interagem com os tenistas. The Wanted; Rachel Crow; Jordin Spark; Mindless Behaviour; Carly Rae Jepsen, todos nomes desconhecidos para mim, mas ídolos dos teens americanos estarão no Arthur Ashe Stadium, no sábado, cantando ao lado de Federer,  Serena Wiliams, Novak Djokovic, entre outros tenistas.

Enquanto isso, do lado de fora do estádio, as quadras viram um playground de tênis para as crianças.

Algo inimiginável na sagrada grama de Wimbledon, ou no elegante Stade Roland Garros.

Pronto para o US Open? Mas ainda não acabou, no domingo, na véspera do Grand Slam, a ITWA (International Tennis Writers Association), convida para um coquetel no Yale Club of New York.

E O US Open nem começou…

 

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

É nesta segunda, em NY, o lançamento da linha de doces de Sharapova, a Sugarpova!

Não é à toa que Maria Sharapova é a atleta mais bem paga do mundo. Nesta segunda-feira, em Nova York, uma semana antes do início do US Open, a tenista lança a tão esperada Sugarpova, uma linha de doces premium, pensada por ela, desde os sabores e formatos até a embalagem.

Há quase dois anos, Sharapova se associou a Jeff Rubin, responsável pela criação da Dylan’s Candy Bar, para desenvolver o seu projeto.

“Sempre fui louca por doces e balas e pensei, porque não fazer algo que eu seja apaixonada?” disse a campeã de Roland Garros, em uma recente entrevista.

Tamanha é a sua paixão pelos doces que foi para a fábrica, em Murcia, na Espanha, que ela se dirigiu no dia seguinte à vitória inédita em Paris.

É desta mesma maneira, dando atenção a todos os detalhes e processos de fabricação de um produto que leva a sua assinatura, que Sharapova lida com os seus outros parceiros e empreendimentos. Seja a Nike, Cole Haan, as raquetes Head, a Samsung, Evian, Tag Heuer e a Tiffany.

Performance do mais alto nível, beleza, comprometimento, foco e bons profissionais ao seu redor, transformaram a tenista também numa mulher de negócios.

O lançamento desta segunda-feira, uma semana antes do último Grand Slam começar, foi programado para ser o assunto do momento em NY, dentro do mundo do tênis, da moda e dos doces.

O local escolhido para a premiere mundial do Sugarpova foi a loja Henri Bendel, que se define como visionária, elegante e experimental. Uma loja em que só visitar já é um deleite.

Os doces de Maria Sharapova,  serão vendidos lá e na cadeia It’s Sugar, espalhada pelos Estados Unidos e em alguns países, mas não no Brasil.

O desenho de uma boca, de diferentes cores, é o logo da Sugarpova e os doces, incialmente balas do estilo “gummy bears”, serão apresentados em diferentes sabores e formatos, claro que tem um que é uma mini bolinha de tênis. Mas, Sharapova registrou a marca para fazer chocolates também e até barrinhas de cereal, em uma segunda fase.

Ah, os preços? Dizem que serão acessíveis, mas vamos esperar para ver.

 

Leave a Comment

Filed under Uncategorized