Tag Archives: soares australian open

Invencível, Bruno Soares também conquista título de duplas mistas no Australian Open

Bruno Soares terminou o fim de semana em Melbourne, fazendo mais história no tênis brasileiro e mundial. Depois de conquistar o inédito título de duplas com Jamie Murray, ele voltou à Rod Laver Arena, ao lado da russa Elena Vesnina e se tornou também campeão de duplas mistas. Em um jogo disputadíssimo, a parceria russo brasileira venceu a americana Coco Vandeweghe e o romeno Horia Tecau, por 6/4 4/6 10-5. Foi o terceiro trofeu de Grand Slam de duplas mistas da carreira do brasileiro, o quarto da carreira e o primeiro com Vesnina.

Soares e Vesnina campeões do Australian Open

“É impressionante. Difícil explicar essa sensação, de ganhar dois Grand Slams em menos de 24 horas. Vim aqui jogar dois torneios e ganhei os dois. Conquistar um título, fazer uma final já é algo dificílimo, ganhar dois então é indescritível,” disse Soares. “Nunca tive um fim de semana assim. Foi um mês de janeiro para ficar guardado para sempre,”continuou o brasileiro, lembrando que começou a jogar com Murray no início do mês, tendo sido semifinalista em Doha, campeão em Sydney e campeão em Melbourne, e que jogou pela primeira vez com Vesnina.

” A gente se conhece há um bom tempo. Ela é uma menina super bacana. Falávamos sempre em jogar juntos, mas acabava não dando. Depois que a Sania não quis mais jogar comigo, falei com ela, topou na hora e deu super certo. Ela jogou um altíssimo nível de tênis e como já ganhou Grand Slam nas duplas, é experiente e manteve a calma nos momentos importantes. A ideia é jogar o ano todo com ela,” antecipou Bruno.

Além de ter agora 4 trofeus de Grand Slam e de ter dobrado o número de títulos no fim de semana, Bruno entrou para a história ao se tornar o primeiro jogador desde Mark Woodforde a ganhar os dois títulos em Melbourne e o primeiro brasileiro, desde Maria Esther Bueno em 1960, a ganhar os dois no mesmo torneio.

“Me sinto extremamente honrado de ter o meu nome ao lado de um cara como o Woodforde e da Maria Esther Bueno. É incrível, sensacional.”

O brasileiro, que mal dormiu entre um jogo e outro, volta ao Brasil e o próximo torneio que disputa é o Rio Open, de 15 a 21 de fevereiro e na sequência joga o Brasil Open. ” Dormi muito mal. É muita adrenalina no corpo. Mas, mesmo tendo dormido 3hs e tomado muito café, fui para a quadra concentrado e focado. Final de Grand Slam é coisa rara, tem que aproveitar e dar o melhor.”

Em breve anunciaremos local e horário para ENTREVISTA com Bruno Soares na volta ao país.

OS QUATRO GRAND SLAMS DE BRUNO SOARES
2012 – US OPEN – Soares e Ekaterina Makarova d. Marcin Matkowski e Kveta Peschke 6/7 6/1 12/10
2014 – US OPEN – Soares e Sania Mirza d. Santiago Gonzalez e Abigail Spears 6/1 2/6 11/9
2016 – AUSTRALIAN OPEN – Soares e Jamie Murray d. Daniel Nestor e Radek Stepanek 2/6 6/4 7/5
2015 – AUSTRALIAN OPEN – Soares e Elena Vesnina d. Coco Vandeweghe e Horia Tecau 6/4 4/6 10-5
E ainda
2013 – WIMBLEDON – Vice-campeão de duplas mistas com Lisa Raymond
2013 – US OPEN – Vice-campeão de duplas com Alexander Peya

SOBRE BRUNO SOARES – Mineiro nascido em 27/02/1982, Bruno Soares é um dos principais nomes da história do Brasil. Ao ganhar o US Open nas duplas mistas, em 2012, se juntou ao seleto grupo de campeões de Grand Slam brasileiros, que inclui apenas Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten, Thomaz Koch e Marcelo Melo. Em 2014 repetiu a façanha conquistando o segundo título em Nova York.
Em janeiro de 2016, no Australian Open, conseguiu o feito inédito de vencer o 1o. Grand Slam de duplas, com Jamie Murray e de conquistar também o trofeu nas duplas mistas, com Elena Vesnina, se tornando o primeiro brasileiro desde Maria Esther Bueno, em 1960 a vencer dois títulos no mesmo torneio.
Além dos trofeus de mistas no US e no Australian Open, Bruno tem 22 títulos de duplas no circuito e 20 vice-campeonatos e chegou ao 3o. posto no ranking mundial de duplas em 2013 (é o 22o. atualmente).
O tenista que tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres, conta atualmente com os patrocínios da Asics, Correios, MRV Engenharia, Banco BMG, Land Rover, Estácio,Wilson e Optimum Nutrition.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Bruno Soares é campeão do Australian Open. “A sensação de ganhar o 1o. Grand Slam é indescritível”

O brasileiro Bruno Soares conquistou neste sábado em Melbourne o primeiro Grand Slam de duplas e o terceiro da carreira. Ao lado do britânico Jamie Murray, com quem começou a jogar no início do ano, derrotou os experientes Daniel Nestor e Radek Stepanek, por 2/6 6/4 7/5, para ganhar o Australian Open. Na madrugada deste domingo (03h Brasília), ele volta a quadra para tentar mais um título, o de duplas mistas, ao lado de Elena Vesnina, contra Coco Vandeweghe e Horia Tecau.

Soares campeão do Australian Open

“A sensação de ganhar o meu primeiro Grand Slam de duplas é indescritível. Esse tipo de torneio começa pra gente, desde pequeno, como um sonho. Aos poucos vai se tornando realidade, depois passa a virar um objetivo, e agora passa a ser um título. Realmente é muito especial. A gente trabalha para isso e se sacrifica para esse momento. Uma vitória como essa, faz tudo valer a pena,” disse um emocionado Bruno.

Para conquistarem o título, Bruno e Murray precisaram de 2h19min e muita maestria para superarem Nestor e Stepanek, de virada. “Foi super disputado. Não tinha como esperar outra coisa. Eles são super experientes e entraram muito sólidos e soltos. Demoramos um pouco para entrar no jogo. No início do segundo set conseguimos nos soltar e depois da quebra, impusemos nosso jogo e até o final poderia ter sido um pouco mais fácil. Salvaram umas bolas espíritas, mas foi importante manter a tranquilidade e conseguir fechar o jogo.”

Desde que resolveram jogar juntos, o brasileiro e o escocês colocaram como grande objetivo vencer um Grand Slam. Ambos já haviam sido campeões na dupla mista, disputado finais de duplas masculina, mas nunca vencido na categoria.

“Não é uma surpresa que a gente tenha se dado bem em quadra tão rápido. Quando resolvemos jogar juntos, quando o Jamie me convidou, a gente já imaginou que poderia ser uma dupla muito boa. Mas, até aí dizer que ganharíamos o primeiro Grand Slam, o Australian Open, não dava para imaginar. Nós dois fizemos uma pré-temporada muito boa, ficamos em contato e fizemos muitos jogos, apesar de terem sido só dois torneios, antes de chegar aqui.” (Bruno e Jamie foram à semi em Doha e ganharam o ATP de Sydney, passando agora a liderar o ranking de duplas na corrida da ATP para Londres).

Ainda emocionado com a vitória, Bruno lembrou do feito para o Brasil nas duplas.
“É mais um grande feito para o Brasil. Mais um título de Grand Slam, depois de tudo que a gente vem fazendo pelo tênis brasileiro. É mais uma coisa para entrar para a história. Hoje o Brasil tem dois campeões de Grand Slam, nos últimos, 7, 8 meses. É muito especial para o nosso tênis.”

Com este resultado, e Marcelo Melo como número um do mundo e campeão em Roland Garros, Bruno afirma que é possível sonhar com o Ouro Olímpico. “Dá sim para sonhar com o ouro. Sonhamos com essa medalha desde Londres, em 2012. A gente sabe o nível de tênis que estamos jogando e sabe que joga bem junto e em casa. Com certeza vamos em busca do ouro.”

HISTÓRICO – Bruno conquistou o primeiro título de Grand Slam em 2012, no US Open, ao lado da russa Ekaterina Makarova, parceira de Elena Vesnina, com quem ele está jogando o Australian Open. O segundo título de Grand Slam veio dois anos depois, o mesmo US Open, com a indiana Sania Mirza. Bruno foi vice de duplas com Alexander Peya, também em Nova York, em 2013, além do vice de duplas mistas em Wimbledon, com Lisa Raymond.

Este foi o 22o. trofeu da carreira nas duplas. O primeiro foi conquistado em 2008, ao lado do sul-africano Kevin Ullyett.

O próximo torneio do brasileiro, depois da final de duplas mistas, é o Rio Open, de 15 a 21 de fevereiro.

SOBRE BRUNO SOARES – Mineiro nascido em 27/02/1982, Bruno Soares é um dos principais nomes da história do Brasil. Ao ganhar o US Open nas duplas mistas, em 2012, se juntou ao seleto grupo de campeões de Grand Slam brasileiros, que inclui apenas Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten, Thomaz Koch e Marcelo Melo. Em 2014 repetiu a façanha conquistando o segundo título em Nova York.
Além dos trofeus no US Open, Bruno tem 21 títulos de duplas no circuito e 20 vice-campeonatos e chegou ao 3o. posto no ranking mundial de duplas em 2013 (é o 22o. atualmente).
O tenista que  tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres, conta atualmente com os patrocínios da Asics, Correios, MRV Engenharia, Banco BMG, Land Rover, Estácio,Wilson e Optimum Nutrition.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Bruno Soares vai à final com Vesnina no Australian Open e faz história no tênis

Bruno Soares está fazendo história na Austrália. Depois de ter se classificado para a final de duplas, com o britânico Jamie Murray, nesta sexta-feira ele avançou também à decisão de duplas mistas, com a russa Elena Vesnina. Eles venceram a indiana Sania Mirza e o croata Ivan Dodig, por 7/5 7/6(4). Com a vitória, Bruno se tornou o primeiro brasileiro, depois de Maria Esther Bueno, e o único entre os homens, a disputar duas finais no mesmo Grand Slam.

Soares e Vesnina

Além de fazer história para o país, Bruno Soares jogará pelo terceiro trofeu de duplas mistas da carreira, já tendo dois do US Open, com Ekaterina Makarova, em 2012 e outro com Sania Mirza, em 2014. Jogará pelo primeiro título de duplas, tendo sido vice-campeão do US Open, em 2013.

“Difícil de imaginar que estaria nas duas finais. Um torneio como Grand Slam, fazer uma final já é super difícil, ainda mais duas. Vamos tentar aproveitar o momento e surfar essa onda e quem sabe pegar os dois títulos. No ano em que fiz final em 2013, no US Open, quando o Alex (Peya) machucou, perdi na semi de duplas mistas. Quase que deu dobradinha lá. E agora estou muito feliz com a dobradinha aqui. ,” disse Bruno Soares.

Esta é a primeira vez que Soares e Vesnina jogam juntos. “Conversei com a Sania no fim do ano e ela disse que queria trocar de parceiro. Mandei uma mensagem para a Vesnina, convidei e ela topou. A gente já se conhecia há um bom tempo, até por causa da Makarova. Ela ia sempre acompanhar o nosso jogo. Estou super feliz com o nosso resultado até agora.”

Com duas finais para disputar no fim de semana, Bruno credita o bom rendimento físico em quadra à pré-temporada realizada em Belo Horizonte. “O físico está super bom. O fato de estar disputando um jogo todo dia tem ajudado bastante. A programação tem sido muito boa, mas com certeza uma boa pré-temporada e o trabalho do Chriszogno Bastos foi fundamental para isso.”

Para se preparar para a final, o mineiro vai focar jogo a jogo. “Estou jogando todo dia e tem sempre que pensar no próximo jogo. Agora vou começar a focar na final de duplas masculinas que é amanhã e tentar esquecer o que a gente está jogando e focar em ganhar o jogo. Se pensar muito em final de Grand Slam, você acaba esquecendo de jogar. É focar no que a gente vem fazendo e que vem dando muito certo. Já sou mais experiente, já passei por isso outras vezes, já sei o que esperar e como me preparar. Estou tranquilo e espero poder jogar o meu melhor.”

A decisão de duplas, contra Daniel Nestor e Radek Stepanek, acontece no sábado, na Rod Laver Arena, após a final de simples feminina. A de duplas mistas, contra Coco Vandeweghe e Horia Tecau é realizada no domingo, antes da final de simples masculina.

Com chance de aumentar em 2 os trofeus do Brasil em Grand Slam, Bruno afirma:  “O Brasil também é o país das duplas. Há um bom tempo, eu o André e o Marcelo temos conseguido grandes resultados. Entra ano, sai ano e a gente vai elevando o nível do nosso tênis.”

SOBRE BRUNO SOARES – Mineiro nascido em 27/02/1982, Bruno Soares é um dos principais nomes da história do Brasil. Ao ganhar o US Open nas duplas mistas, em 2012, se juntou ao seleto grupo de campeões de Grand Slam brasileiros, que inclui apenas Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten, Thomaz Koch e Marcelo Melo. Em 2014 repetiu a façanha conquistando o segundo título em Nova York.
Além dos trofeus no US Open, Bruno tem 21 títulos de duplas no circuito e 20 vice-campeonatos e chegou ao 3o. posto no ranking mundial de duplas em 2013 (é o 22o. atualmente).
O tenista que  tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres, conta atualmente com os patrocínios da Asics, Correios, MRV Engenharia, Banco BMG, Land Rover, Estácio,Wilson e Optimum Nutrition.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Na final de duplas do Australian Open, Bruno afirma: “Queremos o título. É para isso que a gente joga.”

O brasileiro Bruno Soares está na final do Australian Open, o primeiro Grand Slam da temporada, que está sendo disputado em Melbourne. Nesta quinta-feira ele e o novo parceiro, o britânico Jamie Murray, jogaram um tênis perfeito para derrotar os franceses Adrian Mannarino e Lucas Pouille por 6/3 6/1 e avançarem à decisão. Ambos com títulos nas duplas mistas, eles enfrentam o canadense Daniel Nestor e o checo Radek Stepanek pelo trofeu tão sonhado.

Soares e Murray jogam pelo título do Australian Open

“Queremos o título. Nós dois queremos ser campeões. Nós já temos título de dupla mista, sabemos o quanto isso é especial e o que é a dimensão de um título de Grand Slam. É para isso que a gente joga,” disse Bruno, que já foi vice-campeão de duplas, em 2013, no US Open, mesmo Grand Slam em que ganhou os dois trofeus de dupla mista, um em 2012 com Ekaterina Makarova e outro em 2014, com Sania Mirza.

Bruno contou que a atuação contra os franceses foi quase perfeita. ” Foi um grande jogo. A atuação foi quase que perfeita. Depois do início do jogo mal cometemos erro. Dá uma confiança muito ir pra final jogando assim,”

Mas, para chegar ao trofeu, o brasileiro e o britânico terão que passar pelos experientes Nestor e Stepanek. “Vai vir pedreira pela frente. É final de Grand Slam. Mas jogando bem vamos ter uma boa chance. É continuar o que a gente vem fazendo e tentar repetir isso por mais um jogo.”

Soares e Murray começaram a jogar juntos no início do ano. Foram semifinalistas em Doha e campeões em Sydney. Desde então não perdem.

“Formamos essa parceria realmente esperando coisas boas e já estamos tendo uma oportunidade, logo no início do ano de conquistar uma coisa maravilhosa. O que está dando certo é que a gente se completa bem. Temos um estilo de jogo diferente, mas parecido. Meus pontos fortes são diferentes dos dele, mas nós dois gostamos de jogar na rede e de ser agressivos. É isso que está funcionando. Conseguimos clicar muito rápido, o que nem sempre acontece, e desde o início ter um rendimento muito bom.”

Mas, antes de voltar à Rod Laver Arena para jogar a decisão de duplas, Bruno ainda tenta uma vaga na final de duplas mistas, ao lado da russa Elena Vesnina, contra os favoritos Sania Mirza e Ivan Dodig.

SOBRE BRUNO SOARES – Mineiro nascido em 27/02/1982, Bruno Soares é um dos principais nomes da história do Brasil. Ao ganhar o US Open nas duplas mistas, em 2012, se juntou ao seleto grupo de campeões de Grand Slam brasileiros, que inclui apenas Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten, Thomaz Koch e Marcelo Melo. Em 2014 repetiu a façanha conquistando o segundo título em Nova York.
Além dos trofeus no US Open, Bruno tem 20 títulos de duplas no circuito e 20 vice-campeonatos e chegou ao 3o. posto no ranking mundial de duplas em 2013 (é o 22o. atualmente).
O tenista que  tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres, conta atualmente com os patrocínios da Asics, Correios, MRV Engenharia, Banco BMG, Land Rover, Estácio,Wilson e Optimum Nutrition.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Bruno e Murray vencem outra e jogam por vaga na semi do Australian Open

Bruno Soares está nas quartas de final do Australian Open. Nesta madrugada ele e o novo parceiro Jamie Murray derrotaram Dominic Inglot e Robert Linsdtedt por 6/3 6/4 e agora, nesta terça enfrentam a parceria de Rajeev Ram e Raven Klaasen por uma vaga na semifinal do Grand Slam, inédita para o brasileiro.

Bruno e Murray vencem outra e jogam por vaga na semi do Australian Open

” Foi mais um grande jogo. Conseguimos jogar super sólidos, fazendo o nosso saque muito bem que era uma das coisas mais importantes. A outra dupla é uma das maiores sacadoras do circuito e qualquer quebra poderia ser fatal. Fizemos isso muito bem e conseguimos aproveitar as poucas oportunidades que nos deram,” relatou Bruno, que disputa apenas o terceiro torneio com o novo parceiro.

“Já tinha uma expectativa muito boa quanto a essa parceira. A gente já se conhecia muito bem como jogador e amigo. Era uma questão de acertar os ponteiros dentro de quadra. É isso que a gente vem fazendo a cada dia. Feliz que está dando certo.”

Para avançar à semi, Bruno e Jamie terão que passar pela dupla que eliminou os irmãos Bryan.

“Vamos pegar uma dupla que está vindo quente, especialmente agora que ganharam dos Bryans. Temos que fazer o que a gente vem fazendo. Isso é o que interessa.”

O brasileiro também está na chave de duplas mistas, ao lado da russa Elena Vesnina, em que enfrentará o parceiro Jamie Murray e Katerina Srebotnik.

SOBRE BRUNO SOARES – Mineiro nascido em 27/02/1982, Bruno Soares é um dos principais nomes da história do Brasil. Ao ganhar o US Open nas duplas mistas, em 2012, se juntou ao seleto grupo de campeões de Grand Slam brasileiros, que inclui apenas Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten, Thomaz Koch e Marcelo Melo. No ano passado repetiu a façanha conquistando o segundo título em Nova York.
Além dos trofeus no US Open, Bruno tem 20 títulos de duplas no circuito e 20 vice-campeonatos e chegou ao 3o. posto no ranking mundial de duplas em 2013 (é o 22o. atualmente).
O tenista que  tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres, conta atualmente com os patrocínios da Asics, Correios, MRV Engenharia, Banco BMG, Land Rover, Estácio,Wilson e Optimum Nutrition.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized