Tag Archives: soares doubles

Bruno Soares embarca nesta 5a. para Doha, onde inicia a temporada 2016

O brasileiro Bruno Soares embarca nesta 5a. feira, 31 de dezembro, rumo a Doha e ao início da temporada 2016. Depois de semanas de pré-temporada em Belo Horizonte, ele viaja motivado com o trabalho feito e animado para iniciar a nova parceria com Jamie Murray.

Bruno Soares em preparação para 2016
“A pré-temporada esse ano foi muito boa. Consegui felizmente treinar bastante tempo aqui em Belo Horizonte, o que há muito tempo não acontecia. Já fazia a preparação física aqui com o Chriszogno Bastos há muitos anos e agora com a entrada do meu novo técnico, o Hugo Daibert, consegui treinar muito forte aqui em BH. Estou me sentindo muito bem preparado, tecnica e fisicamente o que é muito importante para o início do ano. A gente sabe que a temporada é longa e corrida.”

Além da confiança na boa preparação feita durante todo o mês de dezembro na capital mineira, Bruno viaja para Doha, animado para iniciar a parceria com o britânico Jamie Murray. “Vamos nos  encontrar lá em Doha e começar a se entrosar. É um período muito curto antes de um Grand Slam, mas vamos fazer o melhor possível como dupla. Estou animado para fazer a nossa estreia juntos.”

Depois do ATP no Catar, Bruno joga o ATP de Sidney e o Australian Open, em que também jogará duplas mistas, desta vez ao lado da russa Elena Vesnina. Após a temporada australiana, ele retorna ao Brasil para jogar o Rio Open e o Brasil Open.

Calendário JAN/FEV

04 jan – ATP 250 de Doha – quadra rápida
11 jan – ATP 500 Sidney – quadra rápida
18 jan – Australian Open  – Grand Slam – quadra rápida
15 fev – ATP 500 Rio Open – saibro
22 fev – ATP 250 Brasil Open- saibro

SOBRE BRUNO SOARES – Mineiro nascido em 27/02/1982, Bruno Soares é um dos principais nomes da história do Brasil. Ao ganhar o US Open nas duplas mistas, em 2012, se juntou ao seleto grupo de campeões de Grand Slam brasileiros, que inclui apenas Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten, Thomaz Koch e Marcelo Melo. No ano passado repetiu a façanha conquistando o segundo título em Nova York.
Além dos trofeus no US Open, Bruno tem 20 títulos de duplas no circuito e 20 vice-campeonatos e chegou ao 3o. posto no ranking mundial de duplas em 2013 (é o 22o. atualmente).
O tenista que  tem a sua carreira gerenciada pela LinkinFirm, do ex-tenista profissional Marcio Torres, conta atualmente com os patrocínios da Asics, Correios, MRV Engenharia, Banco BMG, Land Rover, Estácio,Wilson e Optimum Nutrition.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Bruno conquista 1o. título da temporada em Munique

Bruno Soares conquistou nesta 2a. feira o primeiro título da temporada 2015 e o 19o. da carreira. Ao lado do parceiro austríaco Alexander Peya, ele derrotou a dupla da casa, dos irmãos Mischa e Alexander Zverev, de virada, por 4/6 6/1 10-5, para erguer o trofeu do ATP 250 de Munique.
download
“Conseguimos jogar bastante bem, apesar de não ter feito um primeiro set ideal. A gente sabia que estava bem. Era questão de encaixar um pouco melhor as bolas e foi o que aconteceu no 2o. e no 3o. Estou muito feliz de conquistar mais um título,” comemorou Bruno. “Sempre é bom ganhar  e saber que a gente está voltando a jogar o nosso melhor tênis. Isso que é o mais importante. A gente já vinha falando isso, que sabia que estava jogando bem e é questão de tempo, paciência e contiuar trabalhando duro.”

Não fosse a chuva, a final deveria ter sido disputada no domingo na cidade alemã. Mas, a mudança para segunda, não atrapalhou o brasileiro e o austríaco.
“É um pouco diferente jogar na segunda. O torneio já estava sendo meio desmontado. Mas fizeram um grande trabalho para trazer público. Foi bom. E o mais importante foi estar numa final, independente do dia.”

Bruno e Peya, que agora tem 11 títulos juntos, seguem agora para o Masters 1000 de Madri, com mais ritmo de jogo e confiança. O ATP de Munique não estava inicialmente no calendário da dupla, mas resolveram jogar em busca de uma boa preparação para o Masters 1000 da Espanha.
“Äpesar da gente saber que era um torneio mais duro do que Estoril e Istambul, escolhemos Munique por ter altitude e condições mais parecidas com Madri. É importante jogar contra duplas boas e ter a confiança de ganhar dos melhores.”

A estreia em Madri é contra Feliciano Lopez e Max Mirnyi.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized