Tag Archives: tennis arena 02

Djokovic está a um jogo de manter o posto de número 1

Com mais uma vitória tranquila no ATP Finals (derrotou Stan Wawrinka por 6/3 6/0), em Londres, Novak Djokovic está agora a um jogo de terminar a temporada 2014 com o posto de número um do mundo.

Para garantir o topo do ranking mundial sem depender de outros resultados, ele precisava vencer os 3 jogos do seu Grupo na Arena 02. Ganhou de Marin Cilic no primeiro desafio, também por um placar arrasador (6/1 6/1) e agora ganhou de Wawrinka. Na sexta enfrenta Tomas Berdych, que ganhou de Cilic também sem qualquer complicação, por 6/3 6/1. O outro jogo será entre Wawrinka e Berdych.Djokovic London

 

Roger Federer, o único que ameaça Djokovic na liderança do ranking, volta a jogar na quinta no duelo mais esperado do dia, com Andy Murray. No outro jogo se enfrentam Kei Nishikori e Milos Raonic.

Depois de quatro dias de disputas sem muita emoção, sem um jogo decidido no terceiro set, o público espera por uma quinta e uma sexta mais animadoras, com um pouco mais de drama.

Com os oito melhores da temporada se enfrentando entre si, a expectativa, como acontece todos os anos no Finals, era de partidas disputadíssimas. Mas, não é o que vem acontecendo.

Alguns apontam a falta de experiência dos novatos Nishikori, Raonic e Cilic como um dos fatores principais; Outros falam do cansaço do final da temporada – mas e nos últimos anos quando o Finals foi jogado na semana seguinte a do Masters 1000 de Paris? Neste ano houve intervalo de uma semana; Tem gente falando que a quadra está muito lenta e muitos com questionamentos sem encontrar respostas para um Finals nada empolgante até agora.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Nova biografia de Murray é lançada na Inglaterra

Mais um livro sobre Andy Murray acaba de ser lançado na Inglaterra, em meio ao ATP Finals e ao término da espetacular temporada do escocês, campeão olímpico e do US Open e ainda com chances de se classificar para as semifinais do Masters na Arena 02.

Escrito por Mark Hodgkinson, jornalista que cobria tênis para o jornal londrino The Telegraph,  Andy Murray: Champion, a sua extraordinária história, completa, incluindo o épico ouro olímpico e a vitória do US Open, promete contar detalhes do crescimento na Escócia, a decisão de ir para Barcelona – vamos ver se confere com a que Emílio Sanchez nos contou -, o relacionamento extremamente próximo com a mãe Judy e a competição com irmão Jamie.

 

Hodgkingson também analisa os relacionamentos de Murray com todos os técnicos que passaram pela jovem carreira dele:  Mark Petchey, Brad Gilbert and Miles Maclagan, até chegar a Ivan Lendl.

 

Ainda acho estranho que atletas em atividade tenham livros publicados sobre as suas conquistas.  Na verdade, mais estranho ainda é quando isso acontece e o livro é escrito por eles. Neste caso, não foi.

Murray inclusive já escreveu um livro, Coming of Age e/ ou Hitting Back, publicado há alguns anos que ele diz ter se arrependido. Na Inglaterra, reino dos tablóides e das mega celebridades, é um fato um tanto comum.

Fui ler as auto-biografias de Rafael Nadal e Serena Williams meio reticente, talvez por achar estranho mesmo eles escreverem livros ainda competindo, mas nos dois casos me surpreendi com o que aprendi lendo as histórias de ambos.

 

Não sou especialista em livros, apesar de sempre ter gostado de escrever resenhas e me considerar praticamente uma viciada em biografias. É apenas pura coincidência que eu esteja escrevendo um segundo post seguido sobre livros.

 

Andy Murray: Champion, foi lançado hoje oficialmente na Inglaterra. Já acabei o Stop War, Start Tennis, um livro de fácil leitura e nada, nada profundo, mas que no meu caso, como jornalista de tênis, sempre acrescenta algo.

Assim que o Murray chegar ao kindle será lido também.

 

Ah, na Inglaterra o livro está sendo vendido com preço especial de lançamento por 12 libras = R$ 39,12.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized