Tag Archives: tetra pak

A reciclagem é um caminho sem volta. Iniciativas sustentáveis aumentam nos eventos.

Tenho andada afastada do meu blog, por pura falta de tempo e inspiração também. Escrever por escrever, não é o meu caso. E quando aculumamos funções de mais, acaba faltando tempo para sentar, pensar, se inspirer, escrever.

Mas, nesta semana, na Tetra Pak Tennis Cup, em Campinas, encontrei o momento e a inspiração.

Desde o começo do ano venho trabalhando com o Tião Santos, os catadores de recicláveis, entrando em um novo mundo e em todo evento de esporte ou não que tenho alguma participação venho tentando incluir cada vez alguma ação sustentável.  Fizemos algumas ações nos últimos eventos da Try Sports, em Campos do Jordão – MasterCard Tennis Cup e no Itaú Masters Tour.  Participamos com a Rede Extraordinária da Coleta Seletiva do Back2Black e do ART RUA.

Agora, na Tetra Pak Tennis Cup, conseguimos montar diversas ações que saíram do papel e vieram para ficar.

Sinto orgulho de fazer parte desta estrutura e de ter conseguindo com o pessoal da Tetra Pak todas essas iniciativas.

Os jogadores todos se surpreendem com a água embalada em caixinha tetra pak – assim é 100% reciclável – e com as ações pela Sociedade Hípica de Campinas.

Fernando Meligeni, em visita ao torneio, participou da campanha para entrega voluntária de recicláveis, em um PEV (posto de entrega) que ficará na Hípica, permanentemente.

São novos tempos e cada vez mais empresas estão entendendo que a reciclagem veio para ficar. É um caminho sem volta e benéfico. Simples ações que fazem e muito a diferença.

 

  • Sociedade Hípica de Campinas – PEV (Posto de Entrega Voluntária) durante e depois do evento
  • Campanha para reciclagem dos tubos de bolas de tênis de plástico e metal
  • Água do evento, inclusive para os tenistas, em embalagem Tetra Pak
  • Lonas serão recicladas
  • Bolas usadas doadas para projeto social
  • Papelaria do evento com papel e caneta reciclável
  • Cooperativa Reciclar coleta  papel, papelão, vidro e latas
  • Cooperativa Eu Reciclo recolhe para reciclaro óleo da cozinha do evento
  • Demonstração do processo de reciclagem das embalagens Tetra Pak
  • Exibição do filme “Carbono e Metano”
  • Separação dos aneis das latinhas de refrigerante para o projeto FRATO SOCIAL – transforma os mesmos em cadeiras de roda.

 

Enhanced by Zemanta

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Um sul-americano estará nas 4ªs em Roland Garros: Falla ou Chela.

A segunda semana de Roland Garros começou hoje com a disputa das oitavas-de-final do torneio. Consegui ver os últimos sets do jogo entre o Fognini e o Montañes. Como é bom assistir um jogo emocionante, mesmo que à distância, na Suzanne Lenglen.


Nesta segunda serão definidos os outros quadrifinalistas do Grand Slam e entre os jogos haverá um entre sul-americanos: Alejandro Falla, da Colômbia e Juan Chela, da Argentina. Não pude acompanhar muitos jogos de sábado em que ele estavam envolvidos por estar no Forum Nacional de Esportes, em São Paulo, com esportistas como Raí, Cesar Cielo, Magic Paula, Lars Grael, Gustavo Borges, Xuxa, o Ministro dos Esportes Orlando Silva, empresários como Paulo Nigro, da Tetra Pak, Jorge Gerdau, Marcelo Lyra, da Braskem, Henrique Meirelles, Furlán, entre muitos outros, discutindo o esporte, o desenvolvimento, legado, educação, em altíssimo nível e confesso que quando fui analisar a chave me surpreendi ao ver que os únicos dois sul-americanos entre os 16 melhores de Roland Garros são o Falla e o Chela.

Nada contra eles, aliás parabéns aos dois. É admirável que um deles chegará às quartas-de-final em Paris.  Falla aos 27 anos e Chela, aos 31.

O fato que surpreende é que eles sejam os únicos sul-americanos a estarem nas oitavas em Roland Garros e que eles não são novos.

Chela já esteve nesta posição em 2004 no Grand Slam francês e é um exemplo de perseverance. Ficou afastado do circuito um bom tempo se recuperando de lesões, de hérnia, voltou ao tour disputando torneios Challengers – inclusive esteve no Brasil na MasterCard Tennis Cup, em Campos do Jordão e está novamente entre os melhores. É o 34º. Falla já chegou ao 58º posto em abril do ano passado. Hoje é o 120º na ATP.

Escrevi um post sobre o tênis colombiano há alguns meses que coloco aqui, falando do investimento da Colsanitas no esporte por lá – http://gabanyis.com/?p=1301

Falla, treinado pelo espanhol Marco Aurelio Gorriz que veio do qualifying, é o primeiro colombiano a alcançar as quartas-de-final em Roland Garros. Está fazendo história por lá. Antes de Falla o único colombiano a alcançar as oitavas-de-final de um Grand Slam foi Jairo Velasco, no US Open de 1976.

 

Enhanced by Zemanta

Leave a Comment

Filed under Uncategorized

Sustentabilidade no tênis agora também no Brasil: Recycle, Reduce, Reuse

Incentivadora da sustentabilidade no tênis, tentando divulgar ao máximo o que os torneios de tênis vem fazendo pelo mundo, seja através deste blog, da Tennis View, de contar para conhecidos e pessoas influentes o que os maiores eventos vem fazendo, posto aqui com orgulho o press release que divulgamos hoje, direto da MasterCard Tennis Cup sobre as iniciativas do torneio para que ele seja, de alguma forma, sustentável.

Espero não estar ficando repetitiva. Sei que há poucos dias fiz um post sobre a iniciativa do torneio WTA de Stanford, de usar uma máquina para represssurizar as bolas diretamente no torneio, mas acho que divulgar esse tipo de informação é sempre válido e pode incentivar mais pessoas e eventos a Recycle, Reuse, Reduce – Reciclar, Reduzir e Reutilizar.  Inclusive foi através de uma iniciativa dessas que eu mesma comecei a fazer uma coletiva ainda mais seletiva em casa – só separava papel e plástico – , ao ganhar um kit da Braskem, no Rio Champions, no Rio de Janeiro, no início deste ano.


Outros torneios no Brasil já fizeram algumas ações, seja plantando árvores ou reciclando lixo. Todas as iniciativas são válidas e vão somando para que de alguma forma possamos colaborar com o nosso planeta.


“Um torneio limpo e sustentável. Esse é o objetivo da MasterCard Tennis Cup, maior torneio do inverno brasileiro e que acontece até o dia 07 de agosto nas quadras do Tênis Clube de Campos do Jordão. Seguindo a tendência dos maiores torneios do circuito internacional, que desde a temporada passada buscam iniciativas que diminuam o lixo e a emissão de gases na atmosfera, a MasterCard Tennis Cup adotou a ideia de realizar um torneio verde. Todo lixo reciclável é separado e recolhido pela Cooperativa Reciclagem Cidade Limpa.

Durante as duas semanas do torneio que distribui no total US$ 100 mil em premiação, para os torneios feminino e masculino, que contam pontos para os respectivos rankings mundiais, são consumidos mais de sete mil copos e 10 mil garrafas de água, 12 mil latinhas de refrigerantes 10 mil vasilhames de vidro, entre outros produtos trazidos por torcedores e visitantes. Uma parceria da Try Sports, empresa promotora do torneio, com a Tetra Pak e BrasKem possibilitou a colocação, no Tênis Clube de Campos do Jordão, de lixeiras de material reciclável e próprias para coleta seletiva de lixo.



Os jogadores também ganham um Kit para coleta seletiva residencial, como forma de multiplicar a consciência da reciclagem. Além disso, o óleo descartado pela Citron Gastronomia, responsável pelo Buffet no Stella Artois Hall, também está sendo enviado para reciclagem e os anéis das latinhas de refrigerante são recolhidos para o projeto FRATO Social, da FRATO Ferramentas (www.frato.com), e se convertem em cadeira de rodas para diversas entidades assistenciais.

Para finalizar, as bolas utilizadas na MasterCard Tennis Cup, cerca de 50 caixas, ou quase quatro mil bolinhas, serão doadas para o Projeto Social Escola de Tênis do Campos do Jordão Tênis Clube. Com isso, o torneio praticamente não terá geração de lixo e não causará impacto ambiental negativo na região de Campos do Jordão.”

Fotos dos tenistas Marcos Daniel e Paula Gonçalves, de Hedeson Alves

Na outra foto, eu e minha amiga e companheira de trabalho, a jornalista Lia Benthien


Enhanced by Zemanta

2 Comments

Filed under Uncategorized