Tag Archives: williams sisters records

Venus e Serena vão à Nigéria promover o direito das mulheres

Serena Williams pediu conselhos para os fãs, no twitter, de um lugar para ir nas férias. A essa hora imaginávamos que estaria em alguma ilha paradisíaca desfrutando de sonhados dias de descanso. Venus Williams também está no período de férias e com tudo o que tem que fazer para poder competir com a síndrome de Sjogren, imaginávamos que estava na sua casa em Palm Beach Gardens, na Flórida. Mas, bem distante desta realidade, ambas desembarcaram na Nigéria, em Lagos para promover o direito das mulheres.

Um dos países com mais desigualdade de direitos entre homens e mulheres do mundo, a Nigéria –  ocupa o 118º lugar no ranking de 134 países da pesquisa feita pelo British Council – através da Associação Breaking the Mould – a tradução é Quebrando Moldes, mas poderia ser um Rompendo Padrões – trouxe as ícones do esporte para uma série de eventos.

 

Venus e Serena desembarcam na noite de terça-feira em Lagos, já participaram de entrevista coletiva, vão dar uma clínica para 250 crianças, seguida de palestra motivacional, em uma escolar, falando de determinação, trabalho duro e crença em si mesmo e que tudo isso pode transformar sonhos em realidade, apesar dos obstáculos que possam vir a encontrar. A programação em Lagos prevê também um jantar de Gala com o Governador e um jogo exibição.

Entrei em contato com a Breaking the Mould para entender o principal objetivo da Iniciativa com a visita das irmãs Williams à Nigéria. E a resposta foi direta: “para promover o papel das mulheres na mudança de percepção e encorajar o desenvolvimento, em todos os níveis, do continente africano. Elas estão em Lagos para quebrar os moldes que estão entre elas e o potencial que tem.”

 

A Nigéria é o país mais populoso da África, com 160 milhões de habitantes.

 

E realmente, neste caso, acho que não há ícone melhor do que Venus e Serena Williams para mostrarem o poder do trabalho árduo e da determinação para quebrar barreiras. Ambas nasceram em um bairro humilde e perigoso da Califórnia, em uma família sem tradição alguma no tênis e sem quaisquer recursos. Acreditaram no sonho do pai e literalmente conquistaram o mundo, saindo das condições mais adversas possíveis.

Talvez por isso não estejam no dolce far niente neste instante e sim em Lagos.

 

Vejo Venus e Serena assumindo o papel  de Billie Jean King, ícone do esporte americano e que circula livremente por todas as esferas governamentais liderando diversas causas, pleiteando mudanças e conseguindo quebrar barreiras.

 

PS – Breaking the Mould é um mecanismo inspirador para ajudar mulheres, de qualquer idade e em qualquer estágio da vida, a embarcar em uma jornada auto-estima, para elas saberem que podem conquistar qualquer coisa.  Essa iniciativa com Venus e Serena é a primeira que estão fazendo.

PS 2 – Depois da Nigéria elas vão a Joanesburgo.

Leave a Comment

Filed under Uncategorized